26/03/18 | 10:33
Prefeitura orienta população sobre dúvidas, cuidados e procedimentos

A Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), orienta a população sobre dúvidas, cuidados e procedimentos com relação ao sarampo, a partir da confirmação laboratorial de quatro casos da doença na cidade, na última sexta-feira, 22/3. Há 18 anos não havia o registro de casos na capital amazonense. As ações da Prefeitura, no sentido de enfrentar e conter o avanço do sarampo em Manaus tiveram início desde a confirmação do primeiro caso em Boa Vista, no dia 13 de fevereiro deste ano.

“Adotamos medidas imediatas, seguindo a orientação do prefeito Arthur Virgílio Neto, como a instalação da Sala Situação de Vigilância em Saúde, intensificação das ações de bloqueio e “varredura” nas áreas onde os pacientes residem. As 183 salas de vacina da rede pública estão preparadas para atender a população e analisar a situação vacinal para, se for necessário, aplicar a vacina, conforme protocolo do Ministério da Saúde”, ressaltou o secretário municipal de Saúde, Marcelo Magaldi.

Além disso, o prefeito autorizou a liberação de crédito adicional de R$ 7 milhões, recurso de superávit da Vigilância Epidemiológica do Sistema Único de Saúde (SUS), para contratar 100 técnicos de enfermagem aprovados em Processo Seletivo em 2017 e garantir a estrutura logística necessária para ampliar a força de trabalho empregada no controle do surgimento de casos de sarampo em Manaus.

O trabalho das equipes da Semsa têm se estendido nos finais de semana, com as visitas casa a casa, nas áreas onde foram notificados os casos suspeitos, nas zonas Norte e Sul. Dos 32 casos suspeitos de doença exantemática, um foi descartado, quatro confirmados e os outros 27 continuam em investigação, aguardando os resultados das análises pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), no Rio de Janeiro.

A orientação da equipe técnica é que a população observe detalhes básicos para evitar uma correria às Unidades Básicas de Saúde (UBSs), que estão preparadas e capacitadas para atender a todos:

• O que é sarampo?

O sarampo é uma doença viral, infecciosa aguda, transmissível e extremamente contagiosa.

• Quais os sintomas do sarampo?

Os sintomas são febre e manchas vermelhas acompanhadas de um ou mais dos seguintes sintomas: tosse, coriza, conjuntivite.

• O que devo fazer se apresentar os sintomas?

Procurar unidade básica de saúde ou um serviço de pronto atendimento. • Como me prevenir da doença? A vacina é a forma mais eficaz de se prevenir contra o sarampo.

• Quem deve se vacinar?

Toda pessoa de 01 a 49 anos, inclusive quem já teve a doença.

• Onde se vacinar?

Nas 183 salas de vacina disponíveis na rede pública de Manaus

• Como o sarampo é transmitido?

Ocorre de forma direta, por meio de gotículas expelidas ao tossir, espirrar, falar ou respirar.

• Como faço para saber qual é a unidade básica de saúde mais próxima de minha casa ou trabalho?

A localização está disponível no link https://bit.ly/2I36KHQ Site da Semsa: https://bit.ly/2Go7xWA

•Posso tomar a vacina sem a carteirinha de vacinação? E sem o cartão SUS?

O documento necessário é apenas o cartão de vacina. Não é necessário nenhum documento de identificação.

• Quantas doses da vacina do sarampo preciso tomar?

De 1 a 29 anos são duas doses e de 30 a 49 anos uma dose. Essa vacinação é válida por toda vida

• Quem não pode tomar a vacina ou tem restrições que precisam ser avaliadas?

Pessoas que estejam fazendo tratamento com medicamentos imunossupressores e gestantes.

• Posso apresentar reação após a aplicação da vacina?

É muito raro aparecer reações

• Como é o tratamento para o sarampo? 

O tratamento acontece de acordo com os sintomas apresentados, sem medicação específica.

Fonte: Texto: Sandra Monteiro/Semsa

ASCOM/CEDB/PGM